Durante a manifestação na sede da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), em que os servidores protestavam contra o pacote “anticrise” enviado pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), dois soldados, que faziam parte do cordão de isolamento do Palácio Tiradentes, deixaram o cerco e se juntaram aos manifestantes.
O prédio havia sido cercado por grades e dezenas de PMs. O protesto teve início nesta quarta-feira, 16. Cerca de 300 servidores estaduais das diversas áreas, incluindo segurança, protestavam contra pacote de cortes do governo do estado.
Assista ao vídeo publicado por Júlio Trindade, clicando Click aqui

Via – O povo