Justiça

O julgamento de ações de improbidade administrativa e as ações penais relacionadas a crimes contra a administração pública ganhou ritmo acelerado após o estabelecimento  daMETA 4 do CNJ (Conselho Nacional de Justiça.

Na última sexta-feira (22) o Tribunal de Justiça da Paraíba divulgou a condenação de mais 40 ex-gestores municipais acusados de improbidade administrativa.

Por descontar dos salários dos servidores municipais a contribuição previdenciária e não repassar para o Instituto de Previdência Municipal, os ex-prefeitos de Pilõezinhos de Humberto Alves de Souza (Beto de Fausto) e Alessandro Alves da Silva (Sandro Mendes) sofreram condenação de suspensão dos direitos políticos por 04 (quatro) anos e multa civil no montante correspondente a 20 (vinte) vezes o valor da remuneração percebida à época do encerramento do mandato. A presente sentença tire ambos da disputa eleitoral de 2016.

fonte:Rafaelsan.com