O delegado da Polícia Federal Conrado de Almeida negou que o atual governador da Paraíba, João Azevedo (Cidadania), tenha sido um dos alvos da operação de hoje no estado, como desdobramento da Calvário.

“Alvo ele não foi. Alvo ele não foi desta fase, destas investigações da Calvário, ou seja, da nona fase da Calvário.”

Mais cedo, havíamos reproduzido notícia do jornal Valor Econômico de que Azevedo havia sido alvo. A informação foi corrigida.

oantagonista