content_Campeonato_Brasileiro_-_AtleticoMG_x_Corinthians_-foto-Andre_Yanckous-AGIF_LANIMA20151101_0078_54O líder Corinthians e o vice-líder Atlético-MG colocaram em campo o que todos esperavam na chamada “final antecipada” do Brasileiro 2015. Nervosismo, pressão, correria e belas jogadas:  a partida deste domingo, pela 33ª rodada, teve elementos de uma verdadeira final no caldeirão que foi transformada a Arena Independência, em Minas Gerais. Quem se deu muito bem ao fim do confronto foi o Corinthians: após sofrer no primeiro tempo, o time de Tite cresceu na etapa final e conseguiu vitória por 3 a 0 que deixa a equipe com o título nacional praticamente encaminhado – pode vir já na próxima rodada.

A vitória paulista, com atuação decisiva de Jadson com duas assistências para gols de Malcom e Vagner Love e outro gol espetacular em voleio de Lucca, já faz os corintianos fazerem contas para o título. Agora, a diferença é de 11 pontos (73 a 62), com 15 pontos em disputa. A taça pode ser garantida já na próxima rodada, em caso de vitória do time de Tite e derrota ou empate da equipe de Levir Culpi. Os torcedores corintianos até gritaram “é campeão” nas arquibancadas.

A caminhada para o título segue na próxima rodada. Ambos voltam a jogar no fim de semana: no sábado, às 19h30 (de Brasília), os paulistas recebem o ameaçado Coritba na Arena em Itaquera, onde têm grande campanha. Já os mineiros pegam o também ameaçado Figueirense, fora de casa, às 17h do domingo.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 0 X 3 CORINTHIANS

Data e horário: 1/11/2015, às 17h
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC-FIFA)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC-FIFA) e Fabricio V. da Silva (GO-FIFA).
Cartões amarelos: Leandro Donizete (Atlético-MG)
Gols: Malcom, aos 22 minutos do 2º tempo, Vagner Love, aos 29 minutos do 2º tempo, e Lucca, aos 39 minutos do 2º tempo (Corinthians)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Edcarlos e Douglas Santos; Leandro Donizete (Cárdenas), Rafael Carioca, Luan, Giovanni Augusto (Thiago Ribeiro) e Dátolo; Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

CORINTHIANS:Cássio, Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Jadson, Rodriguinho (Cristian), Renato Augusto e Malcom (Lucca); Vagner Love (Ángel Romero). Técnico: Tite.

Via – UOL