Cordel dos Araçás

0

Vinda de histórias remotas
de lama suja nas botas
sol quente que latejava
ou ao som do céu que relampejava
vieram os primeiros forasteiros
e construíram laços certeiros
vieram de lugares muito além
para que aos índios se juntassem

A margem do rio de araçás
lá pela Tainha ficaram
o primeiro casal diferente que por aqui se apaixonaram
Sobre esta terra plantarás
Aqui prosperarás
E aos que vierem de vocês
-Dos índios Guandus não vos esqueceis-
Um futuro colherás

Seu Manoel um terreno doou
A fé a plantar ele ajudou
E por aqui cresceu a raiz de Nosso Senhor
Sobre pedras duras, matas verdes e rio fresco
Araçagi foi crescendo e aumentando o parentesco
Brancos e índios quebraram barreiras
Abrindo novas fronteiras
Nessas terras onde brotam amor e dor

Hoje, poucos veem os araçás
Mas, o mais importante é onde estás
O quanto amas esta terra
Enquanto muitos a enterra
Outros a faz brilhar.

 

Texto: Por Emerson Rodrigues

Da Redação/Portal Araçagi

Share.

Comments are closed.