O Ministério Público da Paraíba (MPPB) está investigando a conduta de um membro do Conselho Tutelar do município de São Miguel de Taipú, na região da Mata Paraibana. Segundo Inquérito Civil Público instaurado, ele é suspeito de assediar adolescentes que buscaram atendimento no órgão.

De acordo com o documento da promotoria, um dos casos notificados teria ocorrido no último dia 9 de agosto, quando uma adolescente estava na sede do Conselho Tutelar e, segundo a denúncia, o conselheiro tutelar teria oferecido a quantia de R$ 10 para que uma adolescente o beijasse. No dia, o conselheiro ainda teria acariciado a adolescente.

O promotor de justiça da Comarca de Pilar, Fernando Cordeiro Sátiro Júnior, também recomendou ao presidente do Conselho Tutelar de São Miguel de Taipú que abra um procedimento administrativo disciplinar, no prazo de 10 dias, para apurar a denúncia.

O conselheiro denunciado tem um prazo de 15 dias para apresentar respostas sobre as denúncias ao Ministério Público.

Fonte: Blog do Pedro Júnior com informações do PB Vale

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES