MACEIÓ –  Uma candidata conseguiu entrar pouco antes de eles serem fechados. Segundos depois, uma outra aluna foi barrada porque já eram 13h, e os portões já haviam sido fechados.

img_0107
Casal perde a prova após lanche (Foto: Josiel Martins)

PIAUÍ – Vanderson Cunha e Brenda Oliveira são namorados e perderam o Enem porque foram comer um pastel antes das provas e chegaram 15 minutos atrasados, em Teresina. “É uma frustração muito grande”, disse Vanderson.

Júlia Prado chorou após ficar do lado de fora (Foto: Lislaine dos Anjos/ G1)Júlia Prado chorou após ficar do lado de fora (Foto: Lislaine dos Anjos/ G1)

MATO GROSSO – Júlia Prado, de 18 anos, não conseguiu fazer a prova, em Cuiabá, por falta de documento de identificação. Ela chegou a entrar no local do exame, mas teve que sair porque estava sem um documento com foto, apenas o título de eleitor.

Candidata perdeu prova ao buscar documento no carro em Poços de Caldas (Foto: Lúcia Ribeiro / G1)
Candidata perdeu prova ao buscar documento no carro em Poços de Caldas (Foto: Lúcia Ribeiro / G1)

MINAS GERAIS – Cintia Caixeta Policarpo, de 26 anos, viajou 30 quilômetros de Campestre (MG) até Poços de Caldas, mas acabou chegando em cima da hora e perdeu a prova ao retornar ao carro para pegar um documento.

João Gonçalves de Souza Junior, de 23 anos, chegou três minutos após o fechamento dos portões (Foto: Adriano Oliveira/G1)
João Gonçalves de Souza Junior, de 23 anos, chegou três minutos após o fechamento dos portões (Foto: Adriano Oliveira/G1)

RIBEIRÃO PRETO (SP) – O pintor João Gonçalves de Souza Junior, de 23 anos, chegou três minutos após o fechamento dos portões. “Estou frustrado”, disse. O candidato saiu de casa às 12h para pegar os dois ônibus necessários para chegar ao local de prova, mas acabou tendo problemas com o horário de um deles. “Eu perdi o ônibus de 12h30 e peguei o de 12h48. “Peguei um mototáxi na Avenida Treze de Maio, mas não deu”, lamentou.

RECIFE (PE) – Na capital de Pernambuco, houve concentração de apoiadores para incentivar candidatos que chegavam para as provas. Alguns atrasados foram escoltados e ganharam água. Mas houve quem não conseguiu chegar a tempo, como  jovem Eliana Vitória, que reclamou do trânsito. Inicialmente, esta reportagem citou o caso de um jovem que se apresentou como candidato, mas ele posteriormente se identificou como ator e disse que não estava inscrito no Enem.

Via – G1