A persistência de ventos marítimos moderados sobre a costa leste do Nordeste mantém a umidade elevada e as condições para chuva  pelo menos até o final da semana. Mas o ar seco predomina sobre o Nordeste e inibe a chuva por quase toda a Região.

A região leste e nordeste da Bahia, todo o estado de Sergipe, Alagoas e o leste de Pernambuco, incluindo as capitais Salvador, Aracaju, Maceió e Recife, têm condição para chuva fraca a moderada, a qualquer hora, com muita nebulosidade, intercalada com alguns períodos de sol, nesta terça, 30 de julho. 

Para a região de Porto Seguro, do litoral da Paraíba e do Rio Grande do Norte, incluindo João Pessoa e Natal, a previsão é de chuva fraca e passageira. O litoral do Maranhão, incluindo São Luís, terá um dia de sol com chuva moderada à noite. Mais a oeste do litoral maranhense a previsão é de chuva a partir da tarde. 

Nos próximos dias a configuração desta previsão deve se manter. A costa leste do Nordeste, incluindo desde a capital Natal até Salvador, tem condição para chuva até, pelo menos, a sexta feira. 

O litoral do Maranhão vai seguir com condições para chuva até quarta-feira e depois, até a sexta-feira, não deve chover mais.

Nas outras áreas, o ar seco e o tempo firme vai se manter.

Em relação a quantidade de chuvas caídas na região leste do Nordeste, todas as capitais tiveram chuvas acima ou dentro da média histórica para esse mês de julho. A chuva também atingiu cidades da região do leste nordestino, a exemplo de Araçagi, cidade localizada na região metropolitana de Guarabira-Pb, lá choveu 120mm (registro feito até 30/07), o que equivale a 91% da média para julho.

 

Da redação com Climatempo

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES