Chove mais de 70 mm em seis horas, em João Pessoa; PB está em alerta de chuvas intensas

0

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Choveu 70 milímetros na cidade de João Pessoa nas últimas seis horas, de acordo com o coordenador da Defesa Civil, Noé Estrela. O registro revela que em apenas um dia choveu mais de 26% do esperado para todo o mês de abril, de acordo com a Defesa Civil. O bairro com maior precipitação foi o do Altiplano. Embora várias ruas estejam alagadas na cidade, não houve registro de nenhuma ocorrência.

Na sequência, os bairros que mais receberam chuvas foram os de Manaíra e Tambauzinho. De acordo com Noé Estrela, os alagamentos ocorrem nos momentos de chuvas intensa porque o único tipo de canalização das águas são as galerias. Conforme a Aesa, João Pessoa foi a acidade que mais choveu nesta segunda-feira.

A rua Antônio Rabelo Júnior, no bairro do Miramar, em João Pessoa, está completamente alagada e intransitável. Os motoristas também devem evitar a Avenida Bancário Sérgio Guerra, principal do bairro dos Bancários. Confira todos os pontos de alagamentos, em tempo real.

De acordo com o setor de Monitoramento e Hidrometria da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), a previsão é de que o tempo permaneça instável na capital e nas cidades localizadas no litoral paraibano. “Temos uma condição de instabilidade climática sobre quase todo estado da Paraíba. Esta situação, associada à atuação de um fenômeno chamado de Zona de Convergência Intertropical, mantém o tempo favorável à ocorrência de chuvas localizadas”, alertou a meteorologista Marle Bandeira.

Inmet alerta para perigo potencial de chuvas – De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), 222 cidades da Paraíba estão em perigo potencial de chuvas desde a manhã do domingo (31). O alerta se estende até às 8h desta terça-feira (2). São esperadas chuvas entre 20 e 30 mm por hora ou até 50 mm por dia, com ventos intensos de 40 a 60 km por hora. No entanto, há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Inmet alerta que, em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também deve-se evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Qualquer ocorrência, a Defesa Civil pode ser acionada pelo telefone 199 ou Corpo de Bombeiros, pelo 193.

Orientações para motoristas

  • Reduzir a velocidade ao perceber acúmulo de água na pista;

  • Acender as lanternas e os faróis baixos para facilitar que o carro seja visto por outros condutores;

  • Evitar freadas bruscas para não travar as rodas e derrapar;

  • Manter uma distância segura do veículo que está a sua frente;

  • Na dúvida, sempre pare no acostamento quando a chuva estiver forte.

Fonte: G1

Share.

Comments are closed.