Furto ocorreu em Cajazeiras, na residência onde José Carlos de Abreu e Lívia Gonçalves de Abreu moravam

Casal que morreu de Covid-19 com minutos de diferença na Paraíba
Legenda: Os dois morreram no mesmo hospital e com 20 minutos de diferença, segundo informou a unidade de saúde Foto: Arquivo pessoal

José Carlos de Abreu Cartaxo, de 36 anos, e Lívia Gonçalves de Abreu, 35, casal de empresários que morreu de Covid-19 com minutos de diferença na Paraíba, tiveram a residência arrombada e saqueada na madrugada desta quarta-feira (24). Segundo a Polícia Civil, foram levados televisores, equipamentos automotivos e de som.

Casal faleceu na segunda-feira (22), em Cajazeiras, Sertão paraibano, com 20 minutos de diferença entre os óbitos, conforme o Hospital Regional do município. Os corpos foram enterradas nessa terça-feira (23). Eles deixaram duas filhas. As informações são do portal Uol.

O irmão de Carlos, Cristiano Abreu, fez uma publicação nas redes sociais comentando o furto dos equipamentos. “Não bastasse apenas a partida do casal, tudo que Carlinhos construiu em vida foi roubado nessa madrugada de 24 de fevereiro”, lamentou.

“Hoje fomos na casa deles e nos deparamos com a situação lá, levaram o paredão de som. Além dele ter perdido a vida dele, perdeu o que deixou para as filhas dele. Era o único bem que deixaram para as filhas. Ele trabalhou muito para isso”, comenta Cristiano.

Câmeras de segurança da residência também foram levadas. A Polícia de Cajazeiras pede que a população colabore com as investigações por meio de denúncias que se manterão anônimas. O irmão de Carlos suspeita que o furto foi realizado por pessoas que já conheciam a casa.

 

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/