Para Roberto Freire, o apresentador do Caldeirão do Huck, na Rede Globo, “tem conteúdo” e é um “progressista”.

Luciano Huck tem até março de 2021 para decidir se vai ser candidato em 2022​. (Foto: Reprodução)

O presidente do Cidadania Roberto Freire afirmou que o apresentador Luciano Huck seria o “candidato dos sonhos”, para disputar a presidência da República em 2022. Para Roberto Freire, o apresentador do Caldeirão do Huck, na Rede Globo, “tem conteúdo” e é um “progressista”.

Freire elogiou Luciano como apresentador e disse que ele tem liderança.

“É alguém que tem liderança, não é qualquer um que faz programa de televisão com ligação direta com a população mais vulnerável deste país”, disse Freire, em entrevista à revista Crusoé.

O presidente do partido afirmou que Luciano Huck tem muito conhecimento em áreas como desigualdade social e meio ambiente. Para ele a esquerda, critica o apresentador sem o conhecer e que Huck, pode representar mais do que apenas as ideias da direita.

“Ele é claramente um progressista e tem a visão de que a principal tarefa de qualquer homem público do Brasil é combater a desigualdade, coisa que a esquerda não faz. Ficaram mais de doze anos no poder e a sociedade continua sendo uma das mais desiguais do mundo”, criticou Freire.

Luciano Huck tem até março de 2021 para decidir se vai ser candidato em 2022. Isso porque ambas partes precisam preparar o terreno para uma possível despedida. Caso ele decida seguir a carreira política, o programa “Caldeirão do Huck” deve sair do ar por volta de junho do ano que vem. Caso contrário, eles precisam negociar uma renovação de contrato, pois o acordo atual só é válido até 2021.

Recentemente Huck se reuniu com Sergio Moro para negociar uma possível aliança eleitoral para 2022. Mas ainda não há uma definição se eles farão uma chapa. Nenhum deles está filiado a algum partido atualmente.

Clickpb