ofib-1O debate entre os quatro candidatos à prefeitura de Guarabira (Belarmino Mariano – do PSOL, Fátima Paulino – do PMDB, Josa da Padaria – do PSB e Zenóbio Toscano – do PSDB) foi realizado na noite desta terça-feira, 27, na Câmara Municipal, pelo portal e transcorria acirrado, com vários pedidos de direito de resposta, mas foi no último bloco que o clima esquentou de vez. A candidata do PMDB, Fátima Paulino, estava respondendo a uma indagação do professor Belarmino Mariano quando se irritou por causa da risada do chefe de gabinete do prefeito Zenóbio Toscano, Egberto Montoya. O rapaz estava sentado em frente à ex-prefeita e ria de algumas considerações da ex-gestora e ex-primeira dama do Estado. 
O filho de Fátima, deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) procurou a assessoria jurídica do debate e reclamou da atitude de Egberto, mas os advogados alegaram que só a coordenação do evento poderia retirá-lo do local. Raniery se dirigiu aos responsáveis pelo debate e recebeu a informação de que o rapaz seria advertido, mas não expulso do recinto.
Fátima, então, avisou que não toleraria o procedimento e que iria embora. Levantou-se e deixou a Câmara Municipal, acompanhada pelo filho.
O debate dos prefeitáveis de Guarabira foi realizado de forma inovadora na comunicação do Brejo, pela TV Portalmidia, que existe há pouco mais de 1 ano. A mediadora foi a jornalista Michele Marques. Participaram os também jornalistas Nonato Nunes, Wellington Farias (Sistema Correio de Comunicação) e Cláudia Carvalho (ParlamentoPB e TV Assembleia).
 

 

Raniery Paulino, ao perceber que a saída da candidata estava sendo filmada pelo ParlamentoPB, pediu para gravar uma reclamação. 

Fonte: ParlamentoPB