fabio_de_melo_saojoao_campina_grande

“Fui aprovado pelo povo campinense antes de ser aprovado pelo Brasil. E fico muito honrado toda vez que tenho a oportunidade de voltar aqui e reencontrar essa cultura e esse povo tão especial”, disse o Padre Fábio de Melo na noite da terça-feira (15), quando esteve em Campina Grande para um show que reuniu 100 mil pessoas no Parque do Povo, segundo estimativa da Polícia Militar.

A apresentação fez parte do projeto Fé e Cultura, que também contou com o show do Padre Nilson Nunes. Os shows dos padres só começaram depois  das 19h, mas desde o meio da tarde fiéis se aglomeravam na área do palco principal. A prefeitura de Campina Grande registrou caravanas das cidades de João pessoa, Guarabira, Camalaú, Esperança, além das cidades de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Natal.

“É muito especial para mim. Campina Grande sempre foi uma terra que me falou profundamente ao coração. Tive a oportunidade de começar aqui”, disse Fábio de Melo, que ressaltou a inciativa de Campina Grande é uma retomada do caráter religioso das festas.

“Nós estamos fazendo uma cruzada, recuperando o que sempre foi sagrado. E isso é um movimento que está tomando conta de todo o Brasil. Acompanho com muita alegria a retomada do caráter religioso das festas. Em muitos lugares, a paganização aconteceu e o sentido religioso ficou muito escasso, limitando-se muitas vezes a uma missa na paróquia. A iniciativa de Campina Grande, para mim, é uma prova de que isso pode dar certo. O público está aqui, as famílias estão aqui e a gente fica muito feliz de fazer parte dessa história”, afirmou.

Na terça-feira (21), o projeto Fé e Cultura recebe o Padre Reginaldo Manzotti, que vai se apresentar primeira vez n’O Maior São João do Mundo. O show está marcado para às 21h e também é esperado um grande público.

G1-Paraíba