Governador a adesão do ex-governador Roberto Paulino à oposição

137045,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou, nesta terça-feira (5), as declarações de Roberto Paulino (PMDB) que anunciou a adesão à oposição ao Governo Estadual. O socialista minimizou o rompimento político de Paulino, que o apoiou no segundo turno das eleições de 2014. “Cada um sabe o seu caminho, o nosso caminho é continuar trabalhando pela Paraíba”, disse.

Segundo ele, Paulino e o filho, o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), ‘destoavam’ nas posições políticas assumidas no estado. “O que eu sei é que o filho destoava do pai. Ele pregava que apoiava o Governo e o filho simplesmente tinha uma postura completamente contrária. Eu não vou entrar nesse mérito”, afirmou.

O peemedebista anunciou o rompimento após o governador criticar Raniery Paulino. No final de semana em passagem pela cidade de Solânea, no Brejo paraibano, o governador afirmou que o deputado Raniery Paulino “está buscando se autovalorizar”, o que segundo ele é “lamentável.

O parlamentar no segundo turno das eleições do ano passado assumiu a postura de neutralidade e a manteve em seu novo mandado na Assembleia Legislativa.

 

Portal Correio