201509250637120000006638Categoria rejeitou proposta de reajuste de 5,5% e abono de R$ 2,5 mil, oferecidos pela Federação Nacional de Bancos (Fenaban).

Os bancários rejeitaram proposta de reajuste de 5,5% e abono de R$ 2,5 mil, oferecidos pela Federação Nacional de Bancos (Fenaban), durante reunião nesta sexta-feira (25), em São Paulo. Com isso, o Comando Nacional dos Bancários orientou a categoria a entrar em greve a partir do dia 6 de outubro.

Segundo o Sindicato dos Bancários da Paraíba, foi pedido um reajuste de 16%, rejeitado pela Fenaban, que ofereceu 5,5%.

O Comando Nacional realizará assembleias por todo o país nos dias 1° e 5 de outubro, com o intuito de “pressionar” os bancos.

O presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba e membro do Comando Nacional dos Bancários, Marcos Henriques, relatou que “é importante a presença maciça dos bancários na assembleia do dia 1º, rejeitando a proposta indecente e deliberando pelo início da greve a partir do dia 6 de outubro”.

Fonte: WSCOM Online