Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

Funcionários do Banco do Brasil resolveram paralisar as atividades a partir desta quarta­-feira (24) em Sousa, no Sertão, por causa da falta de condicionadores de ar na agência da cidade. Os equipamentos teriam sido furtados, conforme o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Sousa.

“Há 15 dias roubaram parte dos equipamentos e até o sistema do ar condicionado”.

Neste último domingo, levaram o restante e nós ficamos trabalhando no calor de quase 40 graus de Sousa”, disse o presidente do sindicato, Josélio Ramos, acrescentando que já entrou em contato com a direção, mas não obteve retorno. Ainda conforme o sindicalista, durante o expediente da terça­-feira (23), uma senhora que estava na fila passou mal por causa da alta temperatura dentro da agência.

“Decidimos paralisar não pensando só em nós, funcionários, mas também nos clientes que necessitam dos serviços bancários”, afirmou.

A assessoria do Banco do Brasil informou que está trabalhando o mais rápido possível para solucionar o problema, mas que depende de um processo licitatório para repor os equipamentos, conforme prevê a lei das estatais, o que demanda tempo. “A agência do Banco do Brasil na cidade de Sousa, na Paraíba, registrou, por duas semanas consecutivas, ocorrências de roubo da tubulação de cobre que compõe o sistema de ar condicionado central do prédio, conforme boletins de ocorrência na Polícia Civil do Estado.

O BB envidada esforços para restaurar o sistema com a maior brevidade possível. Ressaltamos que o Banco é empresa de economia mista, sujeita aos ditames da lei 8666/1993, que estabelece normas gerais sobre licitações e contratos pertinentes a obras, serviços e compras de bens”, diz a nota do banco.

Fonte: Jornal da Paraíba