Fábio Leandro

 Uma tragédia que de certa forma acometeu a todos da cidade de Araçagi, ocorrida no dia 14 de Dezembro de 2016, completa seis meses nesta quarta-feira (14).  

Sobre o caso – Na época, em depoimento à policia civil, Vanessa, esposa da vítima, que se apresentou espontaneamente, disse que Fábio chegou em casa após ter ingerido bebidas alcoólicas num bar perto de sua residencia, iniciou-se uma discussão entre ambos e Fábio pegou uma arma de fogo, entraram em luta corporal e a arma acabou disparando acidentalmente.

A morte do comerciante Fábio Leandro, Fabinho de Pampoula como popularmente era conhecido, ainda segue sob investigação, mas a lentidão da justiça para elucidar o fato fez com que, nesta terça-feira (13), familiares e amigos organizassem um ato público na cidade de Araçagi que mobilizou centenas de pessoas.

Aos gritos de “Justiça” a caminhada percorreu algumas ruas da cidade de Araçagi e teve em seu encerramento momentos de muitas homenagens a memória de Fabinho, onde o mesmo deixou um legado de amizade, companheirismo e trabalhos humanitários aos mais carentes.

 

Da Redação com Portal Mídia e G1 PB

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES