anittaAos gritos, ele começou a se declarar e depois xingar a cantora, diz nota. Caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca); ninguém ficou ferido.

Um fã da cantora Anitta conseguiu entrar, na segunda-feira (23), no condomínio onde ela mora, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, se passando por um funcionário, e foi até a porta da casa dela.

“Foi uma situação que assustou a mim e a minha família. Mas felizmente, tudo foi esclarecido com o apoio da polícia e da segurança do condomínio”, disse a Anitta, através de nota.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da cantora, aos gritos, ele começou a se declarar e depois xingar, dizer palavras desconexas, chamando a atenção da cantora, seus familiares e vizinhos.

O rapaz, que não mora no Rio de Janeiro, foi expulso pelos seguranças do condomínio e durante a madrugada tentou novamente invadir o local e foi levado para a 16ª DP (Barra da Tijuca).

De acordo com o delegado Marcus Vinícius, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), um suposto fã da cantora Anitta, foi até a casa da cantora nesta segunda-feira e, por não ser morador, foi retirado do local por seguranças do condomínio.

O rapaz voltou ao local por volta das 22h e policiais militares foram acionados. Ele foi levado para a delegacia, mas, por ser entendido que não houve crime, foi efetuado um registro de ocorrência de fato atípico e o suposto fã foi liberado.

Caso Ana Hickmann – No sábado (21), outro caso envolvendo um fã teve final trágico. Um homem foi morto ao invadir o hotel onde estava hospedada a modelo Ana Hickmann, em Belo Horizonte, depois de ameaçar a apresentadora e os cunhados dela.

A assessora para moda Giovana Oliveira, foi baleada. Gustavo – que é irmão do marido de Ana Hickmann, Alexandre Correa, e companheiro de Giovana – atirarou no fã durante uma luta.

Fonte: G1