gifurru

Argentina e Uruguai fazem o primeiro grande clássico da Copa América nesta terça-feira, às 20h30(de Brasília), no Estádio La Portada, em La Serena, no Chile.
As duas equipes deixaram muito a desejar na estreia e por isso já estão pressionadas logo na segunda rodada do torneio.
Os argentinos cederam empate por 2 a 2 com o Paraguai após abrirem 2 a 0. Já os uruguaios sofreram para bater a frágil Jamaica por 1 a 0, mas aparecem na liderança do Grupo B com três pontos. Um triunfo garante a Celeste nas quartas.
Apesar do clima de dívida que cerca as duas equipes, os dois treinadores preferem a tranquilidade e garantem que ainda não há motivo para desespero.
“Não vejo motivos para mudarmos tudo aquilo que estamos fazendo apenas porque empatamos um jogo. Logicamente que não ficamos felizes com a estreia, mas seguimos com boas chances de classificação e por isso temos que ter muita tranquilidade contra o Uruguai, pois trata-se de um clássico”, disse Gerardo Martino, técnico da Argentina.
Óscar Tabárez, treinador do Uruguai, exaltou o bom desempenho apresentado pela Jamaica, que participa da Copa América pela primeira vez na história. O técnico também pede o foco no duelo com os argentinos, que acredita sair mais complicado.
“Acho que trataram a Jamaica como a Cinderela do grupo e queriam que a gente desse uma goleada. Mas futebol não funciona dessa maneira. O fato é que superamos o primeiro obstáculo mesmo sem jogarmos bem e agora estamos pensando no jogo contra a Argentina, que vai ser ainda mais complicado”, disse Tabárez.
Em termos de escalação os dois treinadores preferem guardar a sete chaves os 11 que mandarão a campo, mas dificilmente farão mudanças drásticas em relação às respectivas estreias de cada um.
Mesmo em outro grupo na competição, o Brasil estará representado na partida desta terça-feira no trio de arbitragem. O árbitro Sandro Meira Ricci vai apitar o clássico, sendo auxiliado pelos seus compatriotas Emerson de Carvalho e Fábio Pereira.
FICHA TÉCNICA
ARGENTINA X URUGUAI
Local: Estádio La Portada, em La Serena (Chile)
Data: 16 de junho de 2015, terça-feira
Horário: 20h30(de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Brasil)
Assistentes: Emerson de Carvalho (Brasil) e Fábio Pereira (Brasil)
ARGENTINA: Sergio Romero, Facundo Roncaglia, Ezequiel Garay, Nicolás Otamendi e Marcos Rojo; Ever Banega, Javier Mascherano e Javier Pastore; Ángel Di María, Lionel Messi e Sergio Agüero
Técnico: Gerardo Martino
URUGUAI: Fernando Muslera, Maximiliano Pereira, José María Giménez, Diego Godín e Alvaro Pereira; Carlos Sánchez, Egidio Arévalo Ríos, Nicolás Lodeiro e Cristian Rodríguez; Edinson Cavani e Diego Rolan
Técnico: Óscar Tabárez
AFP