Screenshot_2016-05-23-23-53-42-1-1A jovem Emma Lloyd parecia ser no auge de uma vida saudável correndo maratonas, mas na verdade ela começou a sofrer de transtorno alimentar e foi diagnosticada, aos 15 anos, com anorexia nervosa.

Emma ficou viciada em correr para queimar as poucas calorias que consumia. Muitas vezes ela se alimentava apenas com um cacho de uvas por dia.

Lloyd admite que sentia uma fome terrível, mas não deixava de comer pouco e às vezes, ficar de jejum por dias inteiros.

Em entrevista ao jornal britânico “Daily Mail”, a jovem diz que começou a ter os primeiros sintomas do transtorno alimentar depois de ver suas fotos e se achar gorda, em 2009.

Para queimar cada vez mais calorias, Emma passou a correr quase 52 quilômetros por semanas.

A garota, de Nova Zelândia chegou a pesar 36 kg e a família toda percebeu o quanto era séria a doença.

“Ninguém entende como eu era capaz de correr tão bem. Eu sempre fui muito tonta quando eu corria que eu pensei que eu iria entrar em colapso.Eu me sinto incrivelmente sortuda de ter sobrevivido. Nem todo mundo é tão sortudo”, diz.

Hoje em dia, a enfermeira tem 21 anos e pesa 67 kg. Ela decidiu criar um canal no Youtube para relatar seu exemplo de superação e dar dicas de saúde.

“Gosto de ajudar as pessoas que passaram por aquilo que tenho. Quando eu penso nos dias em que eu recusava minhas refeições, eu não posso acreditar como que a dieta acabou dominando minha vida”, afirma.

Fonte: Yahoo