Andressa Urach tem nova infecção e irá retirar inflamação na nádega

0

201503011129390000001479A assessoria de imprensa da apresentadora divulgou um comunicado neste domingo, 1, informando que ela será operada por volta das 16h.

A assessoria de imprensa de Andressa Urach divulgou um comunicado neste domingo, 1, informando que apesar da melhora no quadro infeccioso da apresentadora no sábado, 28, ela piorou e terá que ser submetida a uma cirurgia de emergência ainda hoje. “Hoje, domingo, 1, por volta das 16h, a apresentadora Andressa Urach irá se submeter a uma cirurgia de emergência para retirada de uma forte inflamação. A nova inflamação do produto aconteceu no bumbum esquerdo da apresentadora”, diz o documento.

Andressa também se manifestou para explicar o episódio. “Ontem, quando senti as dores, tive medo. Depois, em oração, o inchaço desapareceu! Mas hoje na parte da manhã a dor subiu da perna para o bumbum. A culpa é minha, minha vaidade me fez passar dos limites. Quando ganhei o Miss Bumbum Brasil 2012 apliquei o Pmma e o hidrogel no glúteo, pois queria o bumbum maior, e agora a infecção subiu para o glúteo! Nunca contei isso a ninguém, nunca achei que teria problemas com esses produtos, verdadeiros produtos que quase me levaram a óbito. Nas pernas, conseguimos tirar quase todo o produto no hospital Conceição e hoje, aqui no hospital Alvorada, constatou que a infecção subiu para a nádega esquerda, e terei que realizar a retirada da nádega esquerda que está infeccionada”, afirmou ela.

E desabafou: “Tudo que estou passando está sendo muito difícil para mim, que sempre fui muito vaidosa, mas prefiro estar vida do que me preocupar neste momento com a vaidade! Tenho muita fé em Deus e sei que não existe cruz maior que não possamos carregar. E eu estou preparada para esse desafio. Sei que Deus está comigo, pois sou fiel a ele e ele me honrará. Graças a Deus hoje não preciso mais do meu corpo, trabalho honradamente e isso hoje sustenta minha casa. Prefiro ter pernas e poder caminhar e ter metade de uma bunda do que estar morta. Porque sei que Deus tem planos muito grandes para mim”.

Procurado, o médico de Andressa, o cirurgião plástico Felipe Tosak, explicou o quadro clínico da paciente. “A inflamação da coxa subiu um pouquinho para o glúteo. Vou apenas drenar a secreção infectada e o hidrogel que está no glúteo. Houve uma piora grande laboratorial. Ontem ela estava muito melhor e hoje está bem inchada na região do bumbum e da coxa. Foi uma piora em questão de horas. Quando acordou a Andressa estava com a região toda inflamada”, esclareceu.

Segundo o médico, o mais difícil no quadro de Andressa é não poder retirar todo o produto que gera as inflamações de uma vez. “O complicado é que não conseguimos tirar todo o material de uma vez. Aí tiramos um pouco e um tempo depois a outra parte piora. E ela aplicou metacril com hidrogel que são duas substâncias que não podem ser utilizadas juntas. Isso inclusive consta na bula do hidrogel. Existe essa contraindicação para não misturar as duas coisas”, afirmou.

Tosak deixou um alerta para as pessoas que insistem em usar os produtos. “Ainda hoje, depois de tudo que aconteceu, muitas meninas continuam aplicando esse tipo de substância e é muito perigoso. E olha que a liberação do hidrogel está vencida na Anvisa desde 2013. Ou seja, quem utiliza ainda infringe a lei”, pontuou.

Entenda o caso – Na manhã de sábado, 28, Andressa Urach falou ao EGO após ter sido internada novamente em um hospital de São Paulo na sexta-feira, 27 para uma cirurgia de emergência. Na ocasião, ela deu entrada no hospital Alvorada com um quadro infeccioso na perna esquerda após seu médico, o cirurgião plástico Felipe Tosaky, constatar acúmulo de líquido na região da operação feita para a retirada do hidrogel. A substância havia causado uma inflamação que quase levou a apresentadora a óbito com um quadro de sepse.

Com dores, inchaço e vermelhidão no local, Andressa foi medicada com antibióticos e antiinflamatórios após exames de sangue e ultrassom. Já na manhã seguinte, ela acordou melhor e a inflamação parecia ter regredido. O médico Felipe Tosaky chegou a falar ao EGO que não havia mais necessidade imediata de uma operação para drenar o líquido acumulado e decidiu aguardar a evolução do quadro. Emocionada com a melhora repentina, Andressa atribuiu a recuperação as orações que fez e a fé.

Fonte: EGO

Share.

Leave A Reply

*

code