20150611155419198679aAlecsandro assinou contrato com o Palmeiras nesta quinta-feira e, horas depois, já virou motivo de xingamentos da torcida. O centroavante, que será apresentado nesta sexta e tem chances de estrear no domingo, publicou vídeo jurando amor aos flamenguistas e recebeu uma série de ameaças, já sendo comparado a Vagner Love e Hernán Barcos, que deixaram de ser ídolos para serem odiados por alguns nas suas saídas do clube paulista.

“Um #AlecRecado pra Nação que nunca sairá do meu coração!!! Sou fã dessa torcida e nunca vou me esquecer de todo carinho que recebi! Não é um #AlecAdeus mas quem sabe, um #AlecAtéLogo”, escreveu Alecsandro em sua página oficial no Facebook, irritando, principalmente, por dar “até logo” a um clube com quem rescindiu no sábado para assinar com o Palmeiras até dezembro de 2016.

“Toda vez que vesti a camisa rubro-negra, sentia como minha segunda pele realmente e que, com certeza, vai ficar gravada aqui no meu coração. Quero agradecer muito à toda nação rubro-negra. É lógico que agora vou trocar os papeis: eu passo a ser fã de toda essa nação rubro-negra e de toda essa torcida pela qual me apaixonei. Não é um tchau, quem sabe aí um até logo. Beijão, vocês vão estar sempre dentro do meu coração”, disse o jogador, em vídeo gravado por ele mesmo.

“Filho, deixa eu te explicar: você está vindo pra um time que teve dois camisas 9 decentes nos últimos cinco anos, ambos são assassinados se pisarem perto do Palmeiras hoje, é talvez a posição mais cobrada pela torcida! Então, para com esse papo furado de Flamengo senão é capaz de não deixarmos você nem estrear aqui!”, comentou um palmeirense na publicação.

Entre seguidos comentários com palavrões, palmeirenses destoavam do agradecimento de flamenguistas e já chamaram o centroavante de “Aleccone” – embora o atacante já tenha colocado foto nas redes sociais usando a camisa de treino do Palmeiras e o símbolo do clube em substituição ao “o” no nome “Alecgol”.

“Para jogar aqui tem que ter muito colhão! Você será muito bem-vindo e apoiado desde que honre nossa camisa e pare de chorar sua saída do RJ!”, “Cara, você nem chegou é já esta tumultuado. Só joga bola, porque aqui nesse time é difícil entrar, mas é fácil sair. Seu m…!”, “Ficar fazendo vídeo chorando por causa de Flamengo? Fique por lá então!”, “Já chegou cheio de palhaçada, agora trate de acabar com essa frescura fazendo gols dentro de campo! Ou se não será mais um a ser chutado pra fora!” e “Aqui não vai ter molezinha de praia, não! Mete gol ou a torcida te caça!” foram algumas das manifestações.

Fonte: Esporte Terra