Cerca de 20 celulares, além de carregadores e fones de ouvidos foram apreendidos dentro de um balde, no presídio Romero Nóbrega, em Patos, no Sertão paraibano. O material proibido estava escondido dentro de um fundo falso no balde, que foi encontrado com um detento que trabalha prestando serviço na unidade prisional.
 
De acordo com o agente penitenciário Daniel Ribeiro, o flagrante aconteceu por volta das 8h30 (horário local) desta quarta-feira (9).
“Todo dia pela manhã e fim da tarde um preso vai fazer a limpeza do pátio e usa um carro de mão que fica próximo ao muro, junto aos baldes. Quando ele foi fazer isso, o agente que acompanha suspeitou e pediu para ver o balde e, ao pegar, sentiu que ele estava pesado, descobrindo um fundo falso”, explicou o agente.
Os agentes penitenciários ainda não sabem como o material entrou na unidade prisional, mas suspeitam que tenha sido arremessado por cima do muro. A direção do presídio abriu um procedimento administrativo para apurar o caso. O preso flagrado com o balde de fundo falso foi punido com a transferência para a cela de isolamento e não vai poder mais trabalhar na unidade.
Ainda de acordo com agente Daniel Ribeiro, o material apreendido vai ser entregue à justiça. Com o encontro destes objetos, a direção não descarta a realização de uma operação de revista na unidade, nos próximos dias.
Fonte: Portal Correio
CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES