Afrânio (Antonio Fagundes) tem uma conversa emocionante com Santo (Domingos Montagner). Durante o papo, o coronel admite que cometeu muitos erros na vida e se arrepende de dois deles: “Primeiro por não ter sido o pai que meu filho merecia”, diz ele, que completa: “Depois por não aceitar você amar minha filha mais do que eu! Fiz de tudo para separar vocês sem ver o mal que fazia a ela”.

Ainda durante o desabafo, o Saruê deixa claro que nunca matou ninguém, nem mesmo Rosa(Rodrigo Lombardi) e Belmiro (Chico Diaz). “Sangue eu nunca derramei! Não apenas não derramei, como fiz de tudo para que não derramassem!”, afirma o coronel, que faz um pedido especial ao genro: “Nunca te pedi nada e espero não pedir de novo. Só… Cuide de Maria Tereza(Camila Pitanga) e Miguel (Gabriel Leone) melhor do que eu”.

Fonte: Globo