38 anos depois Flamengo é campeão da Libertadores da America com virada épica sobre o River Plate

0

Sábado, 23 de novembro de 2019 – Lima, Peru – 38 anos depois!

Jorge Jesus gosta muito de Diego desde quando o brasileiro defendia o Porto em Portugal. A entrada do camisa 10 mudou o jogo que era muito difícil para o Flamengo. E coube ao capitão do Rubro-Negro dar um passe mágico para Gabigol, de antes do meio de campo, para o artilheiro marcar o segundo gol do jogo, na raça entre dois zagueiros, e decretar o bicampeonato da Libertadores ao Flamengo: 2 a 1 contra o River Plate.

Em apenas três minutos, o Flamengo conseguiu uma virada histórica: gols aos 43 minutos do segundo tempo e aos 46. O iluminado camisa 9 terminou a competição com nove tentos. Gabigol foi o Zico de 1981 repetindo o feito do eterno camisa 10, autor de dois gols na vitória contra o Cobreloa, do Chile, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. O artilheiro rubro-negro chegou a 40 gols em 54 jogos em 2019 pelo Flamengo. Mas não superou os números de Zico, goleador do primeiro título da competição sul-americana com 14 gols.

Ainda sobre Gabigol, o atacante marcou os dois gols mais rápidos em finais da Libertadores a partir dos anos 2000: três minutos. Ele também entrou para a história como o jogador que marcou gols em todas as fases da Libertadores (grupos, oitavas, quartas, semifinais e final),ao lado de Juan Roman Riquelme (2007) e José Sand (2017).

Gabigol matador e Bruno Henrique, o Rei da América. O camisa 27 recebeu o prêmio de melhor jogador da Libertadores 2019. Mesmo sem jogar o fino na decisão no Peru, o atacante recebeu um anel cravejado de brilhantes para coroar o seu futebol no torneio e os cinco gols marcados. Mais do que merecido!

Com uma bandeira de Portugal nas costas, o treinador Jorge Jesus comemorou o primeiro título internacional. O Mister mostrou que tem estrela e se tornou o segundo europeu a conquistar a Libertadores da América como treinador. O primeiro foi o croata Mirko Jozic, que faturou o título pelo Colo-Colo, do Chile, em 1991.

Neste domingo (24 de novembro), o Flamengo poderá comemorar um novo título, o Brasileirão, caso o Palmeiras não vença o Grêmio. Seria um final de semana inesquecível para a Nação Rubro-Negra.

Agora é conquistar o mundo! O título deu a classificação para o Mundial de Clubes, que esse ano acontece entre os dias 11 e 21 de dezembro em Doha, no Catar. O Rubro-Negro estreia no dia 17, uma terça-feira, contra o campeão da Ásia ou o Espérance, da Tunísia, no Estádio Khalifa.

Veja os melhores momentos da Final

Fonte: Fox Sports

Share.

Comments are closed.