Após encerrar a sessão ordinária deste domingo (29), o desembargador Joás de Brito Pereira Filho, presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), concedeu entrevista coletiva para anunciar o resultado do pleito, em segundo turno, afirmando que “a celeridade se deu ao trabalho de Tecnologia da Informação, fazendo pontes com polos de transmissão para de forma célere enviar os dados”.

Enfatizou que, “tudo transcorreu com muita tranquilidade, apenas duas urnas eletrônicas foram substituídas, no universo de 1.226 seções eleitorais, e mais quatro urnas apresentaram pequenos problemas pontuais que foram resolvidos no local”.

Quanto às normas sanitárias, ressaltou que estas “foram observadas, tudo transcorreu muito tranquilo”; e parabenizou os candidatos, o candidato vitorioso, Cícero Lucena, comentando que há esperança que ele faça uma boa administração e seja um “grande gestor”.

Sobre a diplomação, o desembargador Joás de Brito Pereira Filho afirmou que as orientações ficam a cargo dos juízes eleitorais, de como proceder, inclusive, se a cerimônia será presencial ou não.

Ao final da entrevista, o presidente do Eleitoral parabenizou os servidores pelo trabalho contínuo;  aos juízes eleitorais, pela dedicação; aos membros da Corte, pela atuação; e às Forças de Segurança, pela participação efetivamente; e à imprensa, que ajudou com informações essenciais.

Resumo PB