CalorEl Niño forte e aquecimento global são principais fatores por trás de elevação. Recorde era de 2014; registro de temperatura média global começou em 1880.
Um mês e cinco dias antes de o ano acabar, 2015 já conquistou o título de ano mais quente já registrado, afirmou nesta quarta-feira (25) a OMM (Organização Meteorológica Mundial). Os culpados são o fenômeno El Niño e o aquecimento global.
O relatório antecipado da OMM sobre o ano diz que o 2015 já ultrapassou 2014, configurando dois recordes sucessivos. É virtualmente impossível que dezembro seja frio o suficiente para que 2015 perca o recorde, diz a organização.
A notícia sai uma semana antes de chefes de estado e de governo se reunirem em Paris para tentar negociar um acordo para lutar contra a mudança climática.
“Tudo isso é má notícia para o planeta”, afirmou o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud, em comunicado.
Via – G1
CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES