Débora Seabra de Moura, considerada a primeira professora com síndrome de Down do Brasil, será homenageada pelo projeto Donas da Rua da História, da Maurício de Sousa Produções, projeto que enaltece mulheres revolucionárias do Brasil e do mundo.

A educadora foi transformada em uma personagem com os traços da Turma da Mônica para uma mostra organizada pela Prefeitura de Natal (RN), cidade em que nasceu e cresceu.

Ao todo, 23 mulheres foram homenageadas pela iniciativa, como Malala Yousafzai, Tarsila do Amaral, Frida Kahlo, Carolina de Jesus e Emma Watson.

“Débora Araújo Seabra de Moura foi a primeira pessoa com síndrome de Down, na América Latina, a concluir o curso de Magistério e é autora do livro ‘Débora conta Histórias’, de fábulas inclusivas”, explicou a Turma da Mônica, ao anunciar a nova personagem nas redes sociais.

O post lembra também que Débora foi reconhecida mundialmente pelo seu trabalho em um painel na ONU, em Nova York, no Dia Internacional da Síndrome de Down.

O projeto Donas da Rua da História foi criado por Mônica Sousa — filha de Maurício que inspirou a protagonista dos gibis — e tem o apoio da ONU Mulheres.

“O projeto foi desenvolvido para trabalhar questões de inclusão e dar visibilidade e representatividade a mulheres fortes e determinadas que de alguma forma fizeram a diferença na sociedade, como a nossa mais nova homenageada, Débora”, disse Mônica, que é diretora Executiva da Mauricio de Sousa Produções, em nota enviada à imprensa.

Fonte: Razões para Alfabetizar