ad71c0d6-483d-409b-bf15-bf19076c9409Milhares de cidadãos saíram às ruas neste 7 de Setembro para protestar contra o presidente Michel Temer, alçado ao poder após a destituição de Dilma Rousseff pelo Senado, e para pedir a convocação de novas eleições. Realizados em dezenas de municípios brasileiros e em algumas cidades do exterior, os atos pegaram carona na 22ª edição do Grito dos Excluídos, organizado anualmente por movimentos sociais e pastorais católicas para dar visibilidade à causa das populações vulneráveis.

Em São Paulo, o protesto reuniu cerca de 15 mil participantes, de acordo com a Frente Brasil Popular. A Polícia Militar não divulgou uma estimativa. Além dos militantes de partidos políticos e movimentos sociais, o Grito dos Excluídos atraiu grande número de mulheres, jovens e famílias. Em uníssono, os manifestantes entoaram diversas vezes o coro “Fora, Temer”. A bandeira pelas “Diretas Já” também se fez presente durante o ato, nos cartazes e nos discursos.

O Grito dos Excluídos também teve recorde de público no Recife. Segundo os organizadores, cerca de 20 mil pessoas participaram da manifestação pelas ruas do centro da cidade. A Polícia Militar não divulgou números. Em Pernambuco, o evento é organizado pelo Fórum Dom Hélder Câmara, que reúne cerca de 25 movimentos sociais e pastorais católicas.

Os protestos se multiplicaram por diversas capitais e cidades do interior e do litoral. No exterior, também foram registrados atos em Londres, Berlim, Frankfurt, Colônia, Dublin, Madri, Buenos Aires e Montreal.

GUARABIRA

cartaz-gritoNa Diocese de Guarabira, a celebração do 22º Grito dos Excluídos está marcado para acontecer neste sábado (10), na cidade de Guarabira. O evento se dará no bairro do Nordeste e está previsto para começar as 14hs.

Nesta quinta-feira (08), o Bispo diocesano concederá uma entrevista coletiva a imprensa do brejo, ocasião em que falará sobre o evento, bem como fará uma avaliação da sua caminhada ao longo deste tempo em que esteve à frente da Diocese. Também dentro da programação do Grito, haverá um Seminário sobre o tema na noite desta quinta (08) na igreja de São Pedro e São Paulo. Os palestrantes serão: Drº Antônio Cavalcante, Capitã Carla, Profº Assis, Radialista Rafael San e Pe. Bosco. 

AgênciaBrasil com PASCOM

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES