Radinho de pilha – Por Marcelo da Barra

0

Quem lembrar , vai sentir saudade!
Quem nunca viu, fica curioso!
radinho de pilha, tão velho e charmoso 
hoje em dia; não condiz com a realidade 
São tempos passados, só nostalgia 
no trocar da estação, 
um chiado fazia 
minha saudosa vó, sentava e ouvia,
o jornal da manhã e do meio dia 
eu tivesse um, com certeza não venderia.

(Radinho de pilha ou radinho à pilha)

Escrito do poeta, Marcelo Avelino de Pontes (Marcelo da Barra)

Da Redação/Portal Araçagi

Share.

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/paracagi/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743