Por Emerson Rodrigues – O medo de amar

0

Alguns dizem que o mau do século é a depressão. Talvez seja. Mas, sem dúvida o maior mau que atinge a humanidade, desde há muito tempo, e vem se intensificando cada vez mais nos últimos anos, é sem dúvida, o MEDO DE AMAR!

São muitas e muitas pessoas que presenciamos dizendo que o amor não existe, que não vale apena amar, confiar, se dedicar a alguém. São muitas as pessoas frustradas nos relacionamentos. Seja relacionamento familiar, fraterno, de amizade…

O mundo, muitas vezes está se tornando mais egoísta, mais frio, interesseiro, passageiro, efêmero, sem sentido para muitas pessoas. A decepção está gerando mais decepção. As pessoas estão ficando vazias, porque depositaram tudo, apostaram tudo na outra pessoa e perderam!

Hoje vemos pessoas se entregando a depressão, ou pelo outro extremo, se entregando a uma vida só de farra, se enganando, pensando que com drogas, embriaguez, relacionamentos descartáveis e sexo sem compromisso, vão ser pessoas livres e felizes. Ledo engano… e sabem disso… Estão cada mais escravas…

Vira um ciclo vicioso de ilusões e mais desilusões, querem dar uma de fortes de que não precisam de um amor, que já até esqueceram alguém, quando ainda não esqueceram. Vão para as festas no intuito de fazerem de tudo, ficarem com todos e todas, e só amanhecem mais vazios ainda…

Só serão gente novamente, de fato, ou seja, pessoas realmente felizes quando pararem de preencher vazio com vazio. Perceberem que elas são valiosas, independente se alguém percebeu isso ou não, valorizou isso ou não. Há muitas pessoas ao nosso redor que nos ama, mas, quando nos fechamos não conseguimos ver isso. Quando nos vitimamos eternamente fica difícil sair desse oco, que até mesmo nem percebemos que estamos.

A vida tem ainda muito o que ser vivida, vale a pena amar sempre, ser bom sempre, fazer o certo, sempre… nos ferramos? Sim, mas, um dia a gente acerta a pessoa certa. As amizades certas…

Deus é a Luz. Deus é a resposta para tudo. Procure sair do vazio ou do que você acha que te preenche, mas, sabe que não.

Emerson Rodrigues

Share.

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/paracagi/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743