Polícia vai escoltar provas para coibir fraudes em concurso da PM na Paraíba

0

A Polícia Militar da Paraíba realizou uma reunião de logística na manhã desta quarta-feira (25) e definiu as principais estratégias para coibir fraudes na aplicação das provas do concurso público para a Polícia e para o Corpo de Bombeiros no Estado. De acordo com o coronel José Ronildo Souza da Silva, coordenador-geral da Polícia Militar da Paraíba, será “dado apoio na escolta das provas do aeroporto para os locais onde acontecerão as provas”.

As provas devem chegar ao aeroporto a partir das 5h do domingo (29), quando serão aplicadas. O horário previsto para a abertura dos portões dos locais de prova é às 8h e o fechamento para as 9h. As provas começam pontualmente às 9h15.

Equipes de inteligência, tanto da Polícia Militar quanto da empresa organizadora do evento, devem ser empregadas para identificar possíveis fraudes no certame. “Estamos atentos utilizando vários mecanismos de detecção para coibir as tentativas de fraudes”, explicou o coronel Ronildo em entrevista ao ClickPB.

No dia da prova haverá equipes da inteligência da polícia fazendo levantamento nas ruas, nos locais de prova”, destacou o coronel Ronildo. Ele ainda detalhou que os levantamentos feitos pela equipe policial dizem respeito ao monitoramento de pessoas suspeitas, com envolvimento em fraudes, ou que já participaram de algum concurso e tiveram problemas.

Além da escolta das provas, ficou acertado também o quantitativo de policiamento a ser empregado na região do local de aplicação das provas. Estiveram presentes na reunião, os comandantes regionais das cidades onde serão aplicadas as provas, em João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Instruções aos candidatos – O coordenador-geral da PMPB alertou os candidatos que conheçam o local onde irão fazer a prova e o edital do certame com antecedência. “É importante que o candidato visite o seu local de prova antes do dia e evitar problemas como chegar atrasado. É importante que ele leia o edital, veja quais os critérios e exigências que o edital tem para entrar na sala, por exemplo. E é interessante que o candidato procure conhecer o estilo de prova da banca”, ressaltou o coronel Ronildo.

Ele ainda aponta que além de foco, é fundamental que o candidato mantenha o pensamento positivo. Na última semana de preparação para as provas, “a gente orienta primeiro que o candidato deve focar nos seus pontos fracos”, comenta o coronel Ronildo ressaltando que a resolução de questões e exercícios são importantes.

A gente orienta também que o candidato tenha muita calma”, afirmou o coordenador-geral. Ele ainda alerta que nesta última semana antes da prova os candidatos devem “evitar festas e dedicar somente aos estudos”.

Fonte: ClickPB

Share.