Messi marca dois em retorno, mas não evita derrota do Barça para o Betis

0

Na volta de Messi, o Barcelona não viveu seus dias mais gloriosos e perdeu para o Betis por 4 a 3 no Camp Nou. Com gols de Junior Firpo, Joaquín, Lo Celso e Canales, o time da Andaluzia venceu com propriedade na Catalunha. Messi fez dois e Vidal marcou o segundo.

As duas equipes começaram a partida com linhas defensivas altas e pressionando a saída de bola adversária. Com mais qualidade técnica, o Barcelona pressionou nos primeiros minutos, mas foi dominado pelo Betis.

Apesar da derrota, o Barcelona segue na liderança do Campeonato Espanhol com 24 pontos, um a mais que o Atlético de Madri. Os dois times se enfrentam na próxima rodada. O Barcelona pode ser alcançado pelo Espanyol, que tem 21 pontos e ainda joga na rodada. O Betis foi aos 16 pontos e se afasta da parte inferior da tabela. Na próxima rodada, o Betis joga novamente fora de casa, desta vez contra o Villarreal.

O melhor: Joaquín – O veterano meia de 37 anos organizou o meio de campo do Betis ao lado de William Carvalho e distribuiu o jogo. A parceria com Junior e Tello, abertos, levou perigo e Joaquín apareceu sozinho para finalizar. Em assistência de Tello, Joaquín deixou o seu. Apesar da idade, não gostou de ser substituído aos 17 minutos do segundo tempo por Sergio Canales e foi aplaudido pelos torcedores.

O pior: Ter Stegen – Em um dia em que nada deu certo para o Barcelona, o goleiro alemão falhou no
terceiro gol do Betis. O fraco desempenho do Barcelona não ajudou, mas ele falhou em um lance fácil no gol de Lo Celso.

Primeiro tempo avassalador – Depois da pressão inicial dos donos da casa, o Betis soube aproveitar as falhas
defensivas do rival e abriu o placar após lançamento de William Carvalho para Junior, que recebeu na esquerda, passou por Sergi Roberto e chutou forte no contrapé de Ter Stegen, aos 20 minutos.

O Betis aproveitava os contra-ataques e, em um deles, marcou o segundo. Junior recebeu passe na esquerda, fez o cruzamento e a bola passou por toda a área do Barcelona até cair nos pés de Tello, que cruzou no meio da área e Joaquín marcou o segundo dele no espanhol.

Barcelona pressiona e diminui – Vidal entrou no lugar de Arthur e quase diminuiu com 15 segundos do segundo tempo. Ele recebeu de Suárez e chutou no canto direito, mas López defendeu. Aos 23 minutos do segundo tempo, Messi diminuiu de pênalti cometido por Tello em Jordi Alba. Vidal ainda fez o segundo do Barcelona, mas não evitou a derrota.

Frango de Ter Stegen – A reação do Barcelona foi interrompida com o terceiro gol do Betis. Lo Celso recebeu passe na entrada da área e chutou para uma defesa simples do goleiro alemão, mas que terminou em frango. Ele tentou agarrar a bola e ela passou por entre suas mãos. O Betis ainda marcou o quarto com Canales.

O retorno de Messi – O argentino voltou a jogar pouco mais de 20 dias depois de ter machucado o braço na vitória sobre o Sevilla por 4 a 2. Ele caiu sobre o braço direito e foi substituído ainda no primeiro tempo. Por conta da lesão, Messi não jogou o clássico contra o Real Madrid. A volta, no entanto, era discreta. Messi praticamente não teve oportunidades e em seu único momento de brilho teve o chute bloqueado. No segundo tempo, porém, o argentino fez de pênalti e deu esperanças à torcida. Ele ainda fez mais um nos acréscimos.

Malcom é titular pela primeira vez – Autor do gol do Barcelona no empate por 1 a 1 com a Inter de Milão pela Liga dos Campeões, Malcom foi titular pela primeira vez no Campeonato Espanhol. Antes ele havia sido titular pela Copa do Rei quando o Barcelona usou um time cheio de reservas. Apesar da chance, o brasileiro não foi bem e deixou o campo no começo do segundo tempo.

Fonte: UOL

Share.