Laís Aparecida: A mulher, a saúde mental e o câncer

0

Ser mulher é entender a complexidade dos hormônios, das dezenas de atribuições sociais, das cobranças domésticas e executivas, da possível maternidade, de amor, de relacionamento, de corpo, de padrões estéticos (ou não). É entender também de doenças femininas, como o câncer em órgãos que só a mulher tem e sua relação com a saúde mental.

Mulher, como anda seus seios, seu útero, ovários, órgãos genitais? Tem prestado atenção aos sinais do seu corpo? Dores, sangramentos, secreções, inchaços, cores? Tem ido às suas médicas? Dermatologista, mastologista, ginecologista? E seu emocional? Está com instabilidade psicológica? Já procurou sua psicóloga?

Parece estranho, mas o câncer é considerado um fenômeno psicossomático. O que significa? Resumidamente, é uma doença que tem causas não somente no sistema biológico, ou seja, naquilo que podemos tocar no nosso corpo. É uma doença com causas psíquicas também. Sua qualidade de vida e a forma como tem vivido em termos emocionais também podem contribuir para o desenvolvimento de um câncer.

É assustador, não é? Vamos ser mais claros. Você tem se estressado muito com seus filhos, tem discutido relação amorosa frequentemente, tem se sobrecarregado no trabalho, não está tendo lazer ou um tempo de descanso, está com problemas no sono, na alimentação, está com problemas familiares, vícios (álcool e outras drogas), tem sofrido com ausência de alguém, tem notado sintomas depressivos ou ansiosos? Permanecer nestes estados podem contribuir diretamente no seu sistema imunológico, biológico, fisiológico e tudo mais do seu corpo, fazendo com que esteja “frágil ” e as células cancerígenas se desenvolvam.

Mas calma! Estamos aqui no finalzinho do Outubro Rosa para ajudar umas às outras na prevenção, no tratamento e na informação. Já sabemos que nosso dia-a-dia e a forma como enfrentamos os problemas são fatores determinantes na nossa saúde, então, sabemos também o que fazer e quem procurar.

E quem já tem câncer? A terapia é uma forma de muito sucesso no enfrentamento da doença. O foco se torna a qualidade de vida, o equilíbrio emocional para passar pelas fases do tratamento, inclusive para os familiares e amigos que acompanham seu ente querido nesta batalha.

Estamos no último dia da campanha, mas continuaremos batalhando a cada amanhecer, pois o câncer tem prevenção, tratamento e cura. O câncer nos assusta, mas somos nós quem derrotamos ele.

Muita saúde a todas nós!

Laís Aparecida – Psicóloga Clínica, Pós-graduanda em Criminologia e Psicologia Investigativa Criminal. Atendimento Psicológico em Araçagi, na Prime Clin, e João Pessoa.
Agende sua consulta através dos contatos: (83) 99896 6512
Email: laispsicologia@outlook.com.
Instagram: @psicologa.lais

Da Redação/Portal Araçagi

Share.

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/paracagi/public_html/wp-includes/functions.php on line 3743