Campeões estaduais pelo Brasil, confira os principais destaques do futebol nesse domingo

0

Botafogo vence Campinense e fatura o campeonato Paraibano

O Botafogo-PB é o campeão paraibano de 2018. O Belo venceu o Campinense por 2 a 0 em partida disputada no estádio o Almeidão, em João Pessoa, neste domingo (8).

O time de Campina Grande tinha a vantagem de ser campeão apenas com um empate, mas a equipe da Capital não se intimidou e partiu para o ataque.

Mas o primeiro gol só veio aos quatro minutos do segundo tempo, dos pés de Nando, artilheiro do Paraibano. Já o zagueiro Lula marcou de cabeça aos 35 minutos, garantindo o título para o Belo.

Com polêmicas, Corinthians bate Palmeiras e é campeão Paulista

Foi da maneira que o torcedor corintiano está acostumado, com sofrimento e emoção até o fim. Mas os alvinegros podem comemorar e soltar o grito de bicampeão paulista. Neste domingo, em pleno Allianz Parque, o time do técnico Fábio Carille derrotou o arquirrival diante da sua torcida por 1 a 0, com gol de Rodriguinho, no tempo normal e ainda teve de superar os alviverdes na decisão por pênaltis por 4 a 3.

No primeiro duelo da série, no último domingo, na Arena Corinthians, o Palmeiras havia vencido por 1 a 0, com gol de Borja. Por isso, os alvinegros precisavam ganhar por dois gols de vantagem. Com 1 a 0 alvinegro, o título foi definido na cobrança de pênaltis, onde Dudu e Lucas Lima pararam nas mãos de Cássio. Danilo, Romero, Lucca e Maycon converteram suas finalizações, e só Fágner perdeu pelo time alvinegro. Foi o 29º título estadual do Corinthians.

Botafogo é campeão Carioca sobre o Vasco

O amor da torcida alvinegra pelo Botafogo ganhou mais uma razão para não ser calado. Uma vitória suada no tempo normal por 1 a 0, com gol de Joel Carli nos acréscimos, e o triunfo nas penalidades (4 a 3), com o heroísmo de Gatito Fernández, puderam tirar da garganta dos botafoguenses o grito de “é campeão” na final do Campeonato Carioca de 2018. Foi o troco sobre o Vasco, que tinha sido o algoz do Botafogo nos últimos dois encontros anteriores, em 2015 e 2016. Foi o prêmio a uma equipe que superou dificuldades técnicas, trocou de treinador durante a competição e não jogou a toalha no clássico que decidiu o título estadual.

O Botafogo teve uma jornada de êxtase no Maracanã. Foi uma dose altíssima de adrenalina despejada nos minutos finais da decisão. Alguns dos que estavam na arquibancada do Maracanã já não acreditavam, inclusive tinha gente indo para casa. Mas o Botafogo reagiu quando o outro lado já tinha dado como certa a conquista e ensaiava a comemoração de título.

Cruzeiro consegue placar suficiente e é campeão estadual pela 37ª vez

Num confronto tenso, recheado de muitos cartões amarelos e até com expulsões, o Cruzeiro conseguiu o placar que precisava e conquistou seu 37º título do Campeonato Mineiro ao vencer o Atlético por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Mineirão, pelo jogo de volta da decisão. Para ser campeão, o time celeste contou com o brilho de uma dupla que costuma se destacar em clássicos: Arrascaeta e Thiago Neves. Enquanto o uruguaio marcou de cabeça aos 3min do primeiro tempo, o camisa 30 balançou as redes aos 7min da etapa final.

Grêmio volta a golear e é campeão gaúcho de 2018

O Grêmio venceu o Brasil de Pelotas e conquistou o Gaúcho de 2018
Divulgação

O Grêmio venceu o Brasil de Pelotas e conquistou o Gaúcho de 2018

Com grande vantagem, o Grêmio podia começar a partida administrando, mas não foi assim. O primeiro tempo contra o Brasil de Pelotas foi bem disputado. Alisson Farias acertou o travessão de Grohe aos 13 minutos. Os dois times ainda tiveram boas chances de abrir o placar, o que acabou não acontecendo nos primeiros 45 minutos.

Logo aos três do segundo tempo, o Brasil ficou com um a menos. Aos oito, Valdemir perdeu gol inacreditável. O Grêmio teve chance de fazer dois gols até que aos 36, Thonny Anderson cruzou para Cícero marcar. Aos 40, Alisson acertou o ângulo do goleiro e ampliou. Aos 44, Léo Moura deixou o dele após receber passe de Maicon. Fim de papo aos 45 minutos. Grêmio campeão gaúcho de 2018.

Paraná

Atlético Paranaense bateu o Coritiba e levou o estadual de 2018
Miguel Locatelli/Site Oficial

Atlético Paranaense bateu o Coritiba e levou o estadual de 2018

Precisando da vitória, o Atlético-PR foi pra cima do Coritiba, que jogou no contra-ataque. Antes de abrir o placar, na última jogada do primeiro tempo, o time rubro-negro perdeu três ótimas chances. O gol foi de Bruno Guimarães em ótima jogada individual.

No segundo tempo, o coxa começou bem e teve chance aos sete com Kady, mas foi Éderson, do furacão, quem fez o gol, aos 11, que daria o título na Arena da Baixada. O Coritiba foi pra cima e o Atlético pôde fazer mais nos contra-ataques, mas ficou por isso mesmo e Atlético-PR campeão paranaense de 2018.

Bahia

O Bahia voltou a vencer o Vitória e conquistou o Baianão
Divulgação

O Bahia voltou a vencer o Vitória e conquistou o Baianão

Atrás depois de perder o primeiro jogo, o Vitória começou sufocando o Bahia. Com uma postura mais contida, o tricolor mais marcou e conseguiu controlar o jogo. Zé Rafael ainda teve boa chance no fim da primeira etapa, mas Fernando Miguel defendeu.

Logo no início da etapa final, em excelente ataque do Bahia, Elton conseguiu marcar no rebote de cabeça em gol vazio. O Vitória foi pra cima, pois havia perdido por 2 a 1 na ida, mas não deu e o título foi para os tricolores, que calaram o Barradão e conquistaram o Campeonato Baiano de 2018.

Ceará

Arthur Cabral é um dos destaques do Ceará campeão estadual de 2018
Reprodução

Arthur Cabral é um dos destaques do Ceará campeão estadual de 2018

O Ceará venceu a primeira partida, mas não sentou na vantagem e foi pra cima do Fortaleza, abrindo o placar com golaço de Pio, que chutou de primeira, de fora da área, no ângulo do goleiro. O Fortaleza pôde empatar aos 37 minutos, mas Bruno Melo cobrou pênalti na trave. Aos 57 (jogo ficou muito tempo parado para atendimento), Bruno Melo chegou a marcar, mas ele estava impedido e o árbitro anulou.

Aos 22 do segundo tempo, o Alan Mineiro quase fez de falta para o Fotraleza e aos 39 minutos Felipe Azevedo aproveitou boa jogada de Arthur e ampliou para o Ceará e se aproximar ainda mais do título. Aos 45, Adalberto descontou para os tricolores. Mas foi só. Festa para o Ceará, campeão estadual de 2018.

Santa Catarina

Figueirense bateu a Chapecoense e conquistou o Catarinense de 2018
Reprodução

Figueirense bateu a Chapecoense e conquistou o Catarinense de 2018

Em final única na Arena Condá, o Figueirense foi quem saiu na frente, com Gustavo Ferrareis em chute de longe. Os dois times ainda perderam boas chances na etapa inicial, sendo a melhor delas de Guilherme, da Chape, que contou com boa defesa de Denis.

No segundo tempo, a Chape teve boas chances para empatar o clássico, foram pelo menos cinco e bola até na trave, mas quem não faz toma. Aos 40 minutos, André Luis passou para Maikon Leite na entrada da área e o atacante bateu para fazer o segundo e dar o 18º título catarinense para o Figueirense.

Pernambuco

O Náutico bateu o Central de Caruaru e voltou a ser campeão Pernambucano após 13 anos
Divulgação/Náutico

O Náutico bateu o Central de Caruaru e voltou a ser campeão Pernambucano após 13 anos

Depois do empate sem gols na primeira partida, o Náutico foi pra cima do Central logo de cara. Logo aos quatro minutos, Wallace Pernambucano quase abriu o placar em cobrança de falta que parou na trave. Já no final, aos 43, Ortigoza recebeu bom passe na área de Júnior Timbó, bateu de primeira e contou com desvio para abrir o placar para o Timbu.

Aos oito minutos da segunda etapa, Jobson recebeu de Rafael Assis e fez o segundo do Náutico. O Central bem que tentou e aos 26 minutos, Leandro Costa bateu pênalti e descontou para o time de Caruaru. Aos 49, o Central ainda teve a chance de empatar, mas não conseguiu e o título pernambucano de 2018 foi para o Náutico após 13 anos.

Pará

O Remo venceu o Paysandu novamente e conquistou o Paraense 2018
Reprodução

O Remo venceu o Paysandu novamente e conquistou o Paraense 2018

O Remo venceu a primeira partida, mas mesmo assim foi quem abriu o placar no Mangueirão diante do Paysandu, que teve duas boas chances antes de Isac fazer de pênalti aos 26 minutos. O jogo ficou morno até o final do primeiro tempo.

Já no segundo tempo, o jogo ficou amarrado e o Paysandu foi pra cima em busca do empate. O Remo, no entanto, se segurou e venceu o rival pela quarta vez na temporada para conquistar o Parazão 2018, um dos mais tradicionais estaduais do país.

Share.